segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Visita ao eléctrico (Maçainhas)

Distancia : 51,51 kms
Participantes : Carla, Vasco, Melo, Paulo e J.Lucas.
Média : 16,21 km/h
Velocidade Máx. : 64,58 km/h
Trip Time : 03:10:34 h

Este domingo o grupo era pequeno em relação aos domingos anteriores, começou com 8 mas acabou com 5. A Bela, a Céu e o Caronho só nos acompanharam nos primeiros kms, depois optaram por um percurso mais curto pois queriam chegar cedo a casa. O percurso foi feito quase sempre por alcatrão mas com um pouco de terra á mistura, talvez por essa razão a volta tenha corrido sem incidentes (furos ;)) e a uma boa média.

No cruzamento de Malpique separamos nos da Céu, da Bela e do Caronho.
Subida para a pista a Aboela.
Na pista da Aboela (Belmonte).
Á entrada de Maçainhas.
Visita ao eléctrico.
É de lamentar o estado das nossas serras. O cheiro a queimado paira no ar.
O abandono das zonas  rurais do interior.
Entrada na Bendada.
Inguias
video



Já em Orjais...uma inovação nos pomares. Será uma imposição da ASAE ?
Panorâmica sobre a Srª das Luzes.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Espalho

Um video recuperado dos arquivos secretos dos Limpa Trilhos, do tempo em que o Hugo e o Miguel pedalavam com o grupo. Atenção contem alguma linguagem imprópria para consumo.

video

domingo, 22 de agosto de 2010

Passeio a Famalicão da Serra

Distancia : 43,40 kms
Participantes : 11
Média : 14,55 km/h
Velocidade Máx. : 51,68 km/h
Trip Time : 02:58:56 horas

Com a abertura da caça decidimos fugir um pouco aos tiros e pedalamos em direcção a Valhelhas por terra, apanhando depois ai o caminho agricula (alcatroado) que vai até Famalicão da Serra. Um passeio com grau de dificuldade fácil, com direito a reforço alimentar e banhos no Rio Zezêre. Alguns furos que nos atrasaram um pouco tanto na ida como no regresso. Voltinha 5 *****.

 Um estreante nestas andanças (Joel)
Passagem do rio Zezere. Ainda era cedo para grandes mergulhos.
1º furo do dia ao chegar á ponte de Valhelhas.O sorteado foi o Paulo.
No caminho agricula de Valhelhas para Famalicão da Serra.
 Spa no Convento do Bom Jesus.
(No local onde está edificado o Convento do Bom Jesus, terá aparecido um crucifixo que, milagrosamente, ali reaparecia quando foi levado para Valhelha. Esse facto está, segundo a lenda, na origem da edificação do convento. A festa em honra e louvor do Senhor Bom Jesus é um misto de agradecimento pelas colheitas e pela libertação de uma praga de lagartas que outrora assolou a região.)
A Carla e a Céu brindaram o pessoal com um reforço surpresa.
Uma manhã em beleza.
O pessoal em convivio.
Visita ás ruinas do convento.
O 2º furo do dia novamente ao Paulo.
Já em Famalicão da Serra, paragem para um aperitivo.
Todos queriam pagar mas foi a proprietária que acabou por oferecer a rodada.
Foto de grupo, falto eu (J.Lucas) que na altura em que fui pedir a alguem para nos tirar a fotografia, para eu poder juntar me ao grupo a máquina ficou sem bateria : (


As fotos tiradas pelo Tiago na viagem de regresso estão aqui : picasa

Mais informação da volta aqui



quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Uma baixa temporária

O elemento mais novo dos Limpa Trilhos sofreu ontem uma aparatosa queda de bike á porta de casa. A uma velocidade de 50km/h e ainda por cima em alcatrão. O resultado está á vista. Boas melhoras Roberto, agora tens de ficar uns Domingos em casa para recuperar.


A pior parece que é a da barriga, pelos vistos ficou com um buraco provocado por um ferro da campainha.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Metidos por atalhos

Distancia : 43kms
Participantes : 15
Média : 13,63 km/h
Velocidade Máx. : 44,73 km/h
Trip Time : 03:09:11 horas

Mais uma voltinha de domingo, já ninguém passa sem ela, domingo sem volta não é domingo. Juntou-se um grupo jeitoso, 15 participantes. O Tiago tinha um percurso no GPS para seguirmos, mas tivemos que seguir outro trajecto devido a alguns enganos que nos fizeram perder algum tempo. Para piorar as coisas os furos perseguiam nos, parece que quando alguém quer chegar cedo a casa é quando chegamos mais tarde.

Concentração no café do Gilberto (08:00h).
Ainda não tínhamos feito 4 kms e já o Vasco tinha um furo para reparar. No fim de semana passado aconteceu-lhe o mesmo. Tens de ir á bruxa : )
Lamaçais.
Trilhos novos.
Caminho sem saída, toca de saltar cercas.
Mais uma cerca a transpor.
Finalmente no trilho certo.
Na ribeira de Caria, já teve melhores dias : (
As meninas a tentar fujir á água????Não é normal : )
Será por este motivo ??
No caminho para Peraboa.
2º furo do dia,desta vez calhou a sorte ao Didier.
Ainda no caminho para Peraboa, mais um furo desta vez na bike da Cristina. O resto do pessoal aproveitou para tirar o lodo das rodas.
Peraboa, abastecimento e lavagem.
Irra que isto não sai !!!
Pela estrada em direção ao Monte do Bispo.
Quinta dos Termos.
Caminho para o Carvalhal Formoso.
Para Malpique.
Ultimo furo do dia, desta vez o bafejado pela sorte foi o Caronho.
Chegada a Orjais.